Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Apresentação e 1º Capítulo

por Dady, em 24.01.09

Oii!

Bem, como não me apetece fazer 2 post's seguidos, vou  meter a apresentaçao e o primeiro capitulo tudo num post.

 

Nome: Sorry For The Promises

Personagens: Candyce Cussler 

                          Joseph Jonas
Músicas: Sorry - Jonas Brothers
                Gone Forever - Three Days Grace

                   [ E mais umas que não têm muito a ver.. por isso nao as ponho.]
 

_______________________________________________________________ 

 

 

    O meu coração já não batia quando ele estava longe. Os meus olhos já não brilhavam sem o ver. A minha pele tornava-se seca sem o seu toque. Os meus lábios congelavam sem o calor e o carinho do seu rosto. Todas as noites, após estar com ele, sonhava com o nosso reencontro do dia seguinte. Concluindo e resumindo: eu já não vivia sem ele.
    Levantei-me e corri para o armário. Vesti-me e arranjei-me com muito cuidado e desci as escadas muito depressa. Era mais um dia para estar com ele. Já sentia a pele de galinha por baixo do justo casaco preto. Peguei numa maçã e voltei para o quarto. Peguei numa fotografia nossa em cima da cómoda e deitei-me na cama, ainda a comer a maçã.
    O quanto ele era importante para mim… Quando imaginava um dia sem ele, via-me sentada num canto, com os joelhos envoltos pelos meus braços, o queixo encostado ao peito e lavada em lágrimas. No entanto, quando estava com ele esquecia tudo e fixava-me apenas nele. Era como se só existisse aquele momento.
    O despertador tocou, marcando as 10 horas. Levantei-me e ajeitei-me mais um pouco. Sentia um formigueiro nos pés e um nó gigante no estômago. Não entendi para quê aquilo tudo, depois de tantos “encontros” não era preciso estar naquele estado. Agora, o nervosismo nas nossas saídas era uma coisa que não existia.
   Ouvi a campainha tocar e corri para a porta, tropeçando nos degraus da escada. Desajeitada, abri a porta. Sorri sob o efeito secundário do perfume, que da sua pele emanava.
    - Bom dia, Candyce! – avançou e cumprimentou-me com um beijo em cada face.
    - Ainda bem que vieste, Joe.
    - Eu prometi, não foi? – sorriu, entrando em minha casa.
    Ele sentou-se no sofá, enquanto eu ficava especada a olhá-lo. O formigueiro continuava a subir-me pelas pernas e o nó no estômago tornava-se cada vez maior. Sentei-me no sofá, a 30 centímetros dele.
    - Que vamos fazer hoje? – perguntou, chegando-se tão perto de mim que as nossas pernas ficaram coladas. Mal senti o seu calor, um arrepio de frio percorreu-me a espinha.
    - Não sei. Que te apetece fazer? – gaguejei.
    - Candy, estás nervosa ou algo do género?
    - Nã... não. – gaguejei de novo. Eu era péssima a mentir para ele.
    - Pois, claro. E eu não te conheço! – riu-se.
    Levantou-se e pegou na minha mão. Um arrepio percorreu, de novo, o meu corpo.
    - Anda, quero ver-te dançar.
    - O quê? Eu… eu não sei dançar, Joe. – baixei a cabeça, envergonhada.
    - Toda a gente sabe dançar, Candy! E tu concordaste que fosse eu a escolher o que fazíamos hoje. - relembrou-me. Ele conseguia dar a volta á minha mente apenas com umas escassas palavras.
    Cedi e levantei-me, ficando com o meu corpo colado ao dele. Ele levou-me até á porta, onde a abriu e deixou que passasse primeiro. Era como se fosse a marioneta dele. Fazia tudo o que ele queria, fosse o que fosse. Entrei no lado do passageiro e senti a pouca brisa que havia, naquele dia quente de Verão.
    - Levas-me onde? – perguntei, entusiasmada.
    - Logo vês.
    Finalmente, tínhamos chegado. Estava bastante calor, não só por estar ao lado dele, mas como também por estarem cerca de 28 graus, ou até mais.
    - Chegámos.
    - Que é isto? – ele abriu-me a porta para que saísse.
    - Podes deixar as perguntas para outra altura e entrar? – disse, impaciente.
    - Desculpa – corei.
    Agarrou na minha mão e guiou-me até ao portão daquele recinto fechado. Entrámos. Uma festa na piscina, óptima ideia. Estava calor e ele queria ver-me dançar. Devia ter adivinhado.
    - Que tal? – perguntou, olhando-me com curiosidade.
    - Mas… não tenho roupa para a ocasião…
    - Tens, pois. Toma – estendeu-me um pequeno saco, onde estava um biquíni.
    - Tens resposta para tudo – ri-me e lancei-me sobre ele. – Adoro-te – sussurrei ao seu ouvido.
    Corri para os balneários e vesti-me. Estava mesmo nervosa: era a primeira vez que estava em “trajes menores” e que dançava para ele. Respirei fundo e andei até ele, que estava sentado á beira da piscina com os pés dentro dela. Sentei-me ao seu lado e ele pôs a sua mão na minha perna. Pela terceira vez, naquele dia, senti algo no corpo que fez com que me inquietasse. Olhei para os seus olhos e fiquei com pele de galinha.
    O brilho do seu olhar era espantoso. Nunca tinha visto algo que se comparasse àquela profundidade de brilho angelical. Joe mexia os lábios, devia estar a falar comigo, mas eu não ouvia nada. Concentrava-me apenas no seu olhar e sorria ao som da sua voz, mesmo não sabendo o que ela pronunciava.
    - Candyce?
    - Desculpa! Que estavas a dizer?
    - Se já tinhas visto as horas – olhou-me com ar sério.
    - Que tem as horas? Já é assim tão tarde? Temos de ir embora? 
    - Estava na brincadeira contigo, Candy! – riu-se e encostou-se a mim, com a cabeça no meu ombro.
    Outro arrepio percorreu o meu corpo e, ao senti-lo, soltei uma gargalhada nervosa.
    - Queres ir embora, Candyce?
    - Não, estou bem aqui… assim – ele levantou a cabeça e olhou os meus olhos, respirando contra os meus lábios.
    - Não queres dar um mergulho? Viemos cá para nos divertirmos e estamos aqui, sem fazer nada. 
    - Não estás a gostar de estar aqui comigo? – perguntei magoada.
    - Claro que estou. Mas não sei se te estás a divertir, Candy. Só isso.
    - Desde que esteja contigo, estarei sempre na melhor – sorri e ele aproximou-se mais de mim.
    - Ainda bem. – a sua maneira calma e descontraída de falar fascinava-me.
    O ambiente não estava nada calmo, por isso, não me apeteceu entrar. Limitei-me a ficar abraçada a ele e a olhar o divertimento dos outros. Mas por mais que quisesse ligar aos outros, Joe chamava-me sempre mais a atenção.
    - Já é tarde, é melhor irmos – afirmou, um tempo depois.
    - É assim tão tarde?
    - Só se quiseres dormir aqui comigo, Candyce… mas isso a Sr.ª Cussler não iria aprovar! – gozou.
    - Estúpido! – ri-me – Vamos embora, então?
    - Então, agora já queres?
    - Antes que a Sr.ª Cussler te castigue a ti e a mim! – levantei-me e apressei-me a vestir os curtos calções e o casaco justo, que trazia, por cima do biquíni.
    Fomos a pé até ao carro de Joe. Não ficava muito longe, mas o tempo de noite era frio. Gemi com arrepios. Ele riu-se e agarrou-se a mim.
    - Com frio, menina Candyce Cussler? – corei.
    - Está um gelo, menino Joseph Jonas! – arquejei em minha defesa.
    - Ai, está? Eu não sinto nada! – sorriu-me.
    - Não se faça de homem, porque sei muito bem que o menino não o é! - ri-me.
    Aconchegou-se mais a mim, apertando-me como um peluche querido. Sufoquei.
    - Joe, larga-me! Estás a sufocar-me! – gritei com ar sério.
    - Desculpa, não me apercebi – libertou-me dos seus braços, colocando as mãos nos bolsos das suas calças.   
    - Assim tenho frio, não achas? – reclamei.
    - És difícil, tu! – soltou uma breve gargalhada.
    Levou-me até casa no seu automóvel e até cumprimentou a Sr.ª Cussler, que via a telenovela da noite. Despedimo-nos com um forte abraço e com um beijo na face. Subi as escadas enquanto Joe permanecia á porta. Estava a meio dos degraus quando parei e olhei-o, ele olhava para mim com aquele seu ar próprio, muito doce e suave. Sorri e atirei-lhe um beijo pelo ar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:07

Tudo aqui presente é da autoria de Dália Rodrigues. Plágio é crime. Just sayin'...


10 comentários

Sem imagem de perfil

De aninha a 24.01.2009 às 19:45

ai como eu compreendo a rapariga :P
Sem imagem de perfil

De Luana a 24.01.2009 às 20:11

Ta Lindo *.*

Bicinho's
Sem imagem de perfil

De Claudjinhaa a 24.01.2009 às 20:14

Quero mais! *o*
Sem imagem de perfil

De Ju a 24.01.2009 às 20:44

omg omg omg !
está tão girooo ! *.*
palavras claras, sentimento, engraçado, oh Dady és a maior ! *.*
Quero mais !
Beijinho@
Sem imagem de perfil

De Katty a 24.01.2009 às 23:25

manah..ta linda a historia..gostei!!
Continua assim q vais longe..parabens!
Amothiii maninhah

Bjinhosss**
Imagem de perfil

De Minah a 25.01.2009 às 18:53

Esta' tao lindoo*.*
ninguem consegue fazer fic's como tu oh gaja igual a mim ;)
Quero mais,mais,maaaaaaais*o*
Sem imagem de perfil

De daniundbill a 25.01.2009 às 21:03

Já me lembrei porque o teu blog foi dos que deixei de comentar...
É que é com os JB... >.<
E eu não vou muito á bola com os garotos.
Desculpa. =S

Kiss.
Imagem de perfil

De Dady a 25.01.2009 às 21:13

Melhor ainda, Dani: nunca comentaste --'
Eu também nao gosto muito dos TH .. mas lixo-me para o facto de ser com eles e leio o que TU escreves. Porque escreves bem e eu gosto, nao pelos personagens.
Como se diz: Não se julgam os livros pela capa... nesta situaçao é mais " nao se julgam as fic's pelas personagens".

@
Sem imagem de perfil

De carla iero . a 28.01.2009 às 14:55

aweee que giro :D

adorei dady @@ sempre com as suas palavras 'magicas' xP

vais sempre pra la da minha imaginação ;)

quando penso que ja li tudo , pimba ! ainda fazes melhor e melhor (:

acima de tudo ta engraçado e com seus toqes d romance . :D

nao t deixes levar por criticas que n ganham interesse ! pa mim és a melhor @


Por mim podias fazer ate fic's com os TH (detesto) ou ate com a Hanna Montana x'DD q eu ia ler sempre . O q importa é a tua criatividade , a tua capacidade de criar essas fic's que eu adoro <3

nao t rebaixes so pq uma n gosta disso ou daqilo .

tas acima d tudo isso ! :D

Bom essa é a mha opiniao x)

e qnt as musicas so conheço a sorry (adoro) xD dps a ota saco xD


Bom agora vou voltar a jogar ( era o q tava a fazer antes d m lembrar da tua fic ) xD

Kissy kissy @ <33
Sem imagem de perfil

De Pipax a 31.01.2009 às 20:18

Em 1º Lugar o teu blog ta' lindo rapariga ! xD ainda nao tinha visto e adorei e a fic cada vez melhor : D

Continua : ) @@*

Comentar post



sobre mim

foto do autor