Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


E aqui está o fim da fanfic que mais gostei. :b Espero que tenham gostado de uma historia que durou 12 capitulos e que escrevi com todo o carinho pensando em voces, meus fãs.
Obrigada pelo carinho dos comentarios, por tudo.

Apartir de agora ( aulinhas,bah --' ) nao vou escrever nenhuma fic. MAS... pensei em escrever algumas one-shots de vez em quando.
Este capitulo e' mais pequeno desculpem. :/
Vou-me deixar de bla bla. Leiam mas e' o capitulo ! xD
Dedico este capitulo a todos os meus fãs e leitores ( mesmo que nao sejam fãs :b ).
~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~

Pensei, pensei e pensei. Finalmente acabara de perceber... o Mikey... o Gerard... TUDO por minha culpa ! O  Diabo fez com que o Gerard tivesse o acidente para ter alguem que assinasse o seu contrato e que fizesse tudo por ele. Eu, parva, aceitei e fiz o que ele pediu em primeiro e nada aconteceu... recusei o seu segundo pedido e a morte do Mikey veio logo a seguir.. O Gerard em coma.. tinha rejeitado a minha terceira tarefa e ele vingou-se !
Finalmente sabia que eu tinha sido a culpada de tudo... e nao me tinha apercebido de nada.

Nao podia continuar assim. Levantei-me e dirigi-me ao hospital onde entrei no quarto do Gerard e escrevi-lhe um papel que dizia : 

 " Gerard, espero que nunca te esqueças que existi na tua vida. Significas muito para mim, e por isso fiz o que fiz.. Tudo o que aconteceu.. a morte do Mikey, o teu coma.. foi tudo por minha culpa. Vais percebendo com o tempo. Quero que saibas que te AMO e peço-te que leias com isto com atençao e que te recordes dos bons momentos que passamos, porque eu nunca me vou esquecer. AMO-TE GERARD WAY !  "

Ainda nao estava tudo... pus-me em frente do Frank, do Bob e do Ray e sorri.

-- Desculpem, rapazes. Mas vou-vos pedir uma coisa.
-- Que foi Mell ? :O - Perguntou um deles que nao percebi quem tinha sido.  
-- Quero que deixem em cima da mesinha ao lado da cama do Gerard uma revista ou jornal de amanha... - Abracei-os e comecei a chorar. -- Obrigada por tudo. - Sussurrei.
-- Mellanie ! - Disseram em coro. Mas ja nao foram a tempo corria agora para a porta. Nao queria mais mal ao Mundo. Passei pela casa da Paty e deixei outro bilhete que dizia :

" Paty, obrigada pela tua amizade. E pela tua amizade e' que fiz isto.. podias ser a proxima da lista. Irás perceber tudo com o tempo.  Adoro-te Paty. Boa sorte com o Kevin ! :D "

Agora sim, estava tudo. Dirigi-me de novo para a praia, desta vez para a ravina que ia em direcçao ao mar...  olhei para a paisagem e gritei: -- DESCULPA MUNDO.

Nao pensei em mais nada, atirei-me. Aquela sensaçao de estar a cair do nada, era fascinante. Nunca tinha sentido nada assim, via o mar ao longe... caminhando a passos largos para mim... via-o cada vez mais perto até que ....

"Diario da Manha

Namorada de Gerard Way atira-se de uma ravina para o mar. Tenta-se saber a razao de tal atitude, enquanto isso tentam encontrar o seu corpo nas profundesas daquele mar...."

 


Gerard acordou 2 anos mais tarde..olhando para a sua pequena mesa de cabeceira e vendo aquela noticia naquele jornal.. comecou a chorar e viu o tal papel que eu escrevi. Leu-o com toda a atençao, beijou o papel e apertou-o entre lagrimas. Afinal, eu tinha sido a sua maior paixao, como ele era e é para mim.
Sim, porque estar morta nao quer dizer que nao tenha sentimentos. Nunca irei esquecer o Gerard nem nada da minha vida...


                                                               The End ...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:53

Tudo aqui presente é da autoria de Dália Rodrigues. Plágio é crime. Just sayin'...


sobre mim

foto do autor