Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Amor de Perdiçao .:. 10

por Dady, em 07.10.08

Hey pessoal ! Tanta coisa que tenho para vos dizer :D
Primeiro que tudo: Desculpem-me. Mas aconteceram imprevistos tipo como .. escrever metade do capitulo, fechar o Word e nao guardar --.
Esperteza saloia LOL
Fiquei com um stress que nem imaginam !

Epa'h voces nem sabem... andei na Queda Livre ( um carrocel).  Aquilo é lindo... e' tipo uma cena em 'V' depois tem um carrinho que anda dum lado pa o outro descontroladamente ! Brutal mesmo. ^^

Desculpem, esta introduçaozinha foi a maior que ja escrevi. Mas nao postava ha' muito tempo e tinha cenas pa vos contar. xD
Vá, pronto o capitulo.

..............................................................................................................................................................................

Escurecia cada vez mais… íamos a ouvir musica e na palhaçada, dentro do carro. Não havia quase ninguém na rua. O sinal ficou vermelho. O sinal nunca mais abria. Não havia rasto de alguém a passar por aquelas redondezas. Parou um carro atrás de nós. Saiu de lá um homem, bateu no vidro do Joe.

Homem: Olhe, desculpe. Não tem um cigarrinho ?
Joe: Você sai do carro para pedir um cigarro ? E não, nao tenho. --,

O homem olhou para os bancos de trás e para mim. Olhou, de seguida, fixamente para o Joe. Fez-lhe um olhar um mortífero e com uma expressão grosseira.

Homem: Saiam do carro !
Nick: Está frio ai fora. Quer que morramos congelados é ?
Homem: Já disse para saírem do carro !
Nick: E eu já disse que não saiu !

O homem tirou algo do bolso… uma arma.

Homem: Agora já sais, pirralho ?
Nick: Não me assusto com uma pistola de brincar ! xD
Homem: Brincar?
Nick: Ya, ya. Aquelas de plástico, ‘tas a ver ?
Homem: Não é de plástico, é verdadeira.

Aquele Nick é o máximo. O homem já estava mesmo atrapalhado. LOOL
Fez um sinal qualquer para o carro e… saíram de lá mais 2 homens.
Aproximaram-se.

Segundo Homem: Epáh mas vocês não saem ? Tem de ser a força ?
Nick: E tu tens força ?
Segundo Homem: Ouve lá, queres levar um balázio, óh engraçadinho ?
Nick: Ya, ya, manda ai ! xD
Sora: Nick, chega de brincadeira !
Joe: Pois, Nick. O melhor é sairmos.
Nick: Fonix, deixem lá ficar. Tenho frio!
Sora: Não gozes, Nick. Anda !
Nick. Ok. -.-‘

Saímos do carro e, em meros segundos, os assaltantes levaram o carro do Joe. Estava escuro, e frio, muito frio.

Nick: Se eu tivesse ficado lá nada acontecia né ? Vocês também… ! --.
Sora: Cala-te Nick !
Joe: O melhor é chamarmos um táxi ou assim.
Sora: Tenho uma ideia melhor… o Kevin.
Nick: Naoo ! Ele depois começa com sermão e não sei quê…
Joe: Queres ir a pé ? --, Gosto da ideia de ligarmos ao Kevin.
Sora: Então liga !


Ligou, esperou e falou.


Joe: O Kevin diz que nos vem buscar mas …
Nick: Já sei, espera-nos sermão. --‘
Joe: Não. Os pais chegaram hoje !
Sora: O quê ?! Então, não vou para vossa casa.
Joe: Vais, pois. Quero-te apresentar aos meus pais. ^^
Nick: Ui, a coisa está seria. Qualquer dia há casamento.
Sora: Nick …
Nick: Eu quero ser o padrinho ! :D
Sora: Sim, vais ser o padrinho. – Disse ironicamente.
Nick: Porque é que és sempre irónica para mim, Sora? --.
Joe: Calem-se. Vem ai o Kevin.
Nick: Keeeeviiiin !

Parou a nossa frente.

Kevin: Entrem depressa !

Entrámos todos e, num instante, já estávamos em casa. O Kevin resmungava enquanto abria a porta, o Nick por detrás dele gozava e eu e o Joe aquecíamo-nos.

Mrs. Jonas: Meu filhos !

Uma mulher de cabelo encaracolado, bonita, corria para eles a toda a velocidade. Por trás dela vinha um homem de cabelo escuro e com óculos. Era, supostamente, Mr. Jonas.

Mr. Jonas: Rapazes ! ^^
Nick/Joe/Kevin: Pai ! Mãe !

Fiquei petrificada. Não sabia o que fazer naquele momento. Limitei-me a ficar quieta, a olhar para eles e a sorrir. De repente, reparo num rapazinho pequeno a vir em direcção a eles também.

Joe: Frankieeee !
Nick: Puto ! xD

Os três abraçaram-no. Apenas sorria e olhava, nada mais fazia.

Mrs. Jonas: E tu quem és ? Qual dos meus filhos tem o prazer de estar com esta bela rapariga ? – Disse olhando fixamente para mim enquanto sorria.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:12

Tudo aqui presente é da autoria de Dália Rodrigues. Plágio é crime. Just sayin'...


sobre mim

foto do autor