Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


It was only me.

por Dady, em 25.03.11

Era eu, imensurável sonho,

Quem de seus olhos lágrimas chorava.

Era eu, cândida melodia,

Que pelo teu nome chamava.

 

Era eu, admirável encanto,

Quem nos teus sonhos mexia.

Era eu, irresistível brinquedo,

Quem o teu corpo pedia.

 

Era eu, desejado pecado,

Que com a tua sanidade brincava.

Era eu, doce tentação,

Por quem o teu coração continuava.

 

Sim, eu sei, não tenho jeito nenhum para poemas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:30

Tudo aqui presente é da autoria de Dália Rodrigues. Plágio é crime. Just sayin'...


3 comentários

Imagem de perfil

De marlene cerm a 25.03.2011 às 22:13

Tens, sim. Gostei imenso.
Imagem de perfil

De marlene cerm a 27.03.2011 às 23:42

Muito obrigada.
Imagem de perfil

De marlene cerm a 02.04.2011 às 22:08

Esta escrita com vocabulário qb faz parte duma experiência. Tu que me conheces faz tempo sabes que não tenho por hábito um vocabulário tão diversificado nos meus textos. Mas vá acho que em termos de vocabulário vou ficar por aqui, talvez mais uma ou duas aqui e acolá.

Comentar post



sobre mim

foto do autor