Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Um Pacto Com o Diabo - Parte 3

por Dady, em 21.08.08

Antes de mais nada ( eu sei que nao tem nada a ver com a fic, mas pronto) quero dar os Parabéns ao Nelson Évora e á Vanessa Fernandes... o nosso orgulho. *.*  Graças a eles Portugal tem 2 medalhas ! ^^

Bem, este capitulo está mesmo muitoo romantic. :x
Divirtam-se (:
~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~_~

Estava a Diane a olhar para nós, tipo estátua. Com um olhar de quem viu um bicho, de boca aberta e com o telemóvel na mau.

-- SEMPRE É CERTO O QUE EU DESCONFIEI ! Como é que uma pacóvia destas pode estar de mão dada com o, GRANDE, Gerard Way ?? - Gritou Diane.
-- Hey, miúda ! A quem estás a chamar pacóvia ?! – Disse Gerard sobressaltado. Largara a minha mão e quando olhei já ele avançava em passos largos até ela.
-- Gery, calma !
-- Gery ?! Uii ! Tão íntimos que eles andam. Oh pá, Gerard com a parola da Mellanie ?!
-- Tu cala-te ! - Gerard já estava perto dela, levantou um dedo e abanava-o agressivamente enquanto falava. – Ouve, deixa a Mellanie em paz !
-- O teu namorado já me ameaça, Mellanie ?! Ahah. Mete-me cá um medo !!
-- SAI DAQUI ! – E agarrou violentamente o braço da Diane. – Bazaaaaaaaa !
-- Larga-me ! Estás a magoar-me !! >.<
-- É essa a intenção, pega !

Diane soltou-se e correu para bem longe dali.
-- Que eu nunca mais te veja á frente! – guinchou ele.
 

Corri para ele o mais depressa que conseguia. : - Estás bem ? 
-- Estou óptimo.. e tu, como estás ?
-- Eu estou bem… obrigada por me defenderes.
-- Não suporto criticarem as pessoas de quem gosto.
-- Pois… :x – Corei muito mesmo. 
-- Ainda queres sair ?
-- Eu sim.

Demos as mãos de novo e partimos para a discoteca mais próxima. Pedimos umas bebidas e dançamos até cair para o lado. Eram 2 horas da manhã…

-- Geryyy ! Vamos emboraaaaa?
-- Hã ? Simmm ! Vamos jááá, só tenhooo de pagaaar ! - Tirou a carteira, e pôs o dinheiro em cima do balcão muito desajeitadamente. – Anda cá , amoor !

Pôs o braço por cima de mim e fomos a cambalear até á suite de hotel. Atirei-me para cima da cama e ele também o fez.

-- Wooooow ! Noite incrivelmenteeeee incriveeeeeel !
-- Ou é impressão minhaaa ou estamos podreeeeeeees de bêbedos! :x – Disse ele enquanto tirava a t-shirt e se enroscava na cama.
Ri-me do nada e abracei-o. Aconcheguei-me e adormecemos os dois ali.

Raios de sol entraram de rompante dentro do quarto, mesmo na minha cara.

-- Auu ! Os meus olhos ! – Abri os olhos e vi que estava “quase despida”.OMG ! As minhas entranhas contorceram-se gravemente. – Aaah ! – Gritei. Estava quase enrolada ao Gerard.
-- Hã ? Que é que se passa? Aaaah ! - Gritou, também, quando se apercebeu do que se passava.
-- Ge..Gerard ? :x O que andamos a fazer durante a noite ?? |:
-- Não sei, Mell ! Mas acho que não aconteceu nada… só me dói a cabeça, e não é pouco.
-- Pois, a mim também. Onde puseste os analgésicos ? – Levantei-me e dirigi-me ao quarto de banho.
-- Estão na segunda prateleira do armário ao lado do espelho.  – Puxei uma caixa de analgésicos e tirei dois grandes comprimidos.
 Fui á cozinha peguei num copo e enchi-o com água. Tomei-o e de seguida levei o copo e o analgésico ao Gerard.
-- Toma !
-- Ai ! Calma, tem de ser com calma. --'
-- Olha, posso ir tomar um duche ?
-- Sim, podes. 

Entrei no quarto de banho, fechei a porta. Abri a água, despi-me e coloquei-me debaixo do chuveiro. A água a escorregar pela minha face, sentia cada gota de agua como se fosse uma lágrima a escorrer. Sentia-me triste… cada dia que passava com o Gerard mais gostava dele. Mas ele, apenas gostava de mim como sua amiga e nada poderia mudar isso.
Vi a porta do duche abrir-se e Gerard entrou, sem saber que estava ali.

-- Hã.. Gerard? |:
-- Ups !! Desculpa, esqueci-me que estavas aqui !
-- Não, não deixa estar. Eu saio ! – Disse, vendo-o a virar-se para abrir a porta do duche. 
O duche era apertadinho e… colámos os nossos corpos um ao outro. Olhei para os seus olhos, para a sua face. Ele baixou a cabeça e avançou até aos meus lábios. Os nossos lábios tocaram-se suavemente por entre a agua que saia do chuveiro. Ele pôs as suas mãos na minha cintura e eu coloquei as minhas no seu pescoço. Separamo-nos e saí a correr de dentro do minúsculo espaço de duche.

Tirei qualquer coisa do armário, vesti-me e penteei-me á pressa e corri para a rua. Ok, nem sei porque fizera aquilo ! Gostava do Gerard e ele tinha-me beijado. :x Mas ele ainda estaria bêbedo ou gostaria mesmo de mim ? Aii, senti-me tão confusa ! Peguei no telemóvel, marquei o numero da Paty e esperei.

 
-- Então, Mell ? Não te estás a divertir ?
-- Patyyy ! O Gerard beijou-me!! |:
-- Eheh ! Que bom miúda ! Mas que vozinha é essa ? Parece-me que estás ou estiveste a chorar !
-- Pois ! Beijámo-nos no duche e eu fugi. :x Fiz mal não foi ? Tenho de voltar não é ?
-- Fizeste mesmo mal ! Volta para junto dele e aproveita enquanto é tempo !!
-- Desculpa, Paty. Deves estar com o Kevin não é ?
-- Pois… mas deixa lá. Vá miúda ! Vai ter com ele. Forçaa !
-- Obrigada ! Adoro-te ! ^^

Paty desligou o telemóvel.

-- Mell ! – Olhei e Gerard já correra para mim.
-- Desculpa, Gerard. Fui uma estúpida. Tenho esperado há anos por isto e agora que o tenho desperdicei-o.
-- Chiuu ! – Pôs o seu indicador levemente nos meus lábios para me calar. – Eu amo-te – Sussurrou e beijou-me cheio de paixão.

Pegou na minha mão e levou-me até ao seu carro: - Entra. Quero que vejas uma coisa.
-- Uhuh ! O quê ? :P
-- Shh ! O segredo é a alma do negócio. :x

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:13

Tudo aqui presente é da autoria de Dália Rodrigues. Plágio é crime. Just sayin'...


3 comentários

Sem imagem de perfil

De aninha a 21.08.2008 às 15:58

acabas sempre nas melhores partes que fixee deixaste-me curiosa:D
Sem imagem de perfil

De Claudjinhaa a 21.08.2008 às 20:24

Gosto tanto *______________________*
Sem imagem de perfil

De Mudei-me. Tchauzinho. a 09.10.2009 às 23:31

Ameiiiiiiiiiiiiiii!
Tão fofo *.*

Comentar post



sobre mim

foto do autor